Processos de traçagem e conformação - Parte I

Processos de Traçados:

Descrição: 

O que é traçado de caldeiraria e funilaria industrial? É o meio utilizado para se alcançar o objetivo final, que são as dimensões das peças a fabricar conforme o desenho de fabricação recebido. E que meios são estes?

Os meios utilizados são praticamente dois:
O primeiro: é o traçado geométrico que consistem em desenhar a peça a fabricar, pode ser desenhado em tamanho real ou em escala reduzida, escala ampliada dependendo do grau de tolerâncias ou também para reduzir uma dimensão facilitando assim o traçado fora da realidade de trabalho para melhorar a visualização de um detalhe ou ate mesmo peças de tamanhos elevados que seria impossível desenhar em um tamanho real.


O segundo: 

É o calculo: usado para se alcançar o objetivo que sempre tem como objetivo achar as dimensões da peça planificada de modo que após essas serem dobradas, calandradas, abauladas ou de qualquer forma conformadas, atendam os requisitos de dimensões e formato geométrico conforme solicitado pelo desenho de fabricação. Trigonométricos: com estes tipos de cálculos podemos alcançar os mesmo objetivos do traçado; cabe ao profissional responsável pela fabricação, verificar, analisar e concluir o melhor caminho a seguir.

Geometria 

A geometria é usada em larga escala no traçado de caldeiraria e funilaria industrial e o estudo do espaço e das figuras que podem ocupá-lo. A geometria nos permite o uso dos conceitos elementares para construir outros objetos mais complexos como: pontos especiais, retas especiais, planos dos mais variados tipos, ângulos, médias, centros de gravidade de objetos, etc.

Contudo, o princípio da geometria são as linhas, pois são elas que vão formar as figuras, então é necessário conhecer pelo menos as mais usadas.

1-Linha perpendicular:
Esta linha é praticamente utilizada em todas as situações do traçado de caldeiraria. Consiste em uma linha de base na posição horizontal sem dimensões definida, e em um determinado ponto temos que passar uma perpendicular em relação à essa linha; como executar?

 Veja a figura abaixo:



Na linha de base horizontal marcamos o ponto onde deverá passar a linha perpendicular e a partir deste ponto abrimos o compasso com qualquer dimensão fazendo da seguinte maneira:

Coloca-se a ponta seca do compasso onde se quer passar à perpendicular. Em seguida com a ponta seca no local escolhido traçamos dois pontos na linha de base. Em seguida abrace o compasso com a sua dimensão maior que a utilizada na linha de base e com a ponta seca nas duas marcações de dimensão qualquer. Risca-se para cima e para baixo de ambos os lados de modo que estas linhas se cruzem e posteriormente faça uma linha reta de cruzamento superior a inferior. Temos ai a perpendicular em relação à linha de base.

Nota = Nem sempre a linha de base estará na posição, horizontal porem é só seguir desta forma descrita que acharemos a nossa perpendicular em relação a qualquer plano que estiver essa linha. 

2 – Mediatriz:

Para obtermos uma mediatriz temos como referência uma linha de base na posição horizontal, porem teremos uma dimensão definida entre pontos já estabelecidos, a partir destes pontos colocamos a ponta seca com uma abertura do compasso maior que a metade da dimensão entre pontos, riscamos para cima e para baixo de ambos os lados com a mesma abertura do compasso, une-se o cruzamento superior com o Inferior e temos a mediatriz. (Figura abaixo).

A diferença básica da perpendicular com a mediatriz, é que a perpendicular não tem dimensão definida, porem tem um ponto que temos que passar a perpendicular em relação a linha de base. Porem a mediatriz já tem uma dimensão definida, além de estar perpendicular em relação à linha de base tem como função, também dividir em duas partes iguais por geometria.



Linhas Paralelas.

As linhas paralelas conservam a igual distância umas das outras em toda a sua extensão independente do comprimento sempre terão mesma dimensão entre si, estas linhas podem estar em qualquer plano (vertical ou horizontal). As linhas paralelas conservam a igual distância umas das outras em toda sua extensão independente do comprimento. Elas poderão ser traçadas em qualquer plano, horizontal, vertical ou inclinada.

Veja figura:


Divisão de uma reta.

Uma reta poderá ser divida em quantas partes forem necessárias, essas divisões podem ser obtidas através duas formas; por geometria (traçagem) ou cálculo.

Por Geometria:

A partir de uma reta base em uma das extremidades da mesma, traçamos uma linha com um ângulo agudo (ângulo agudo é um ângulo menor que num ângulo de 90°), divide-se esta linha em quantas partes for desejado, (no exemplo abaixo foi dividida em treze).

Então abrimos o compasso na medida de 1/13 da linha, uma dimensão aleatória, porém todas as dimensões tem que ser iguais e de mesmo numero de pares que se quer dividir a reta, com um esquadro, ligamos a ultima divisão ate o fim da linha base. Na parte inferior do esquadro se posiciona a régua, deste ponto em diante e é só riscar todas as divisões paralelas com a primeira linha gerada, conforme abaixo.



Divisões por cálculo:

Na divisão por cálculo, na parte inferior a linha base já com a dimensão pré-estabelecida, coloca-se o início da trena no inicio da linha de base; divide-se a dimensão total pelo número de partes desejado, (no nosso exemplo são onze pontos, mas a divisão será feita pelo numero de espaços que no nosso caso são dez, então a divisão será: 150/ 10= 15) o valor encontrado é a distancia em milímetros entre o primeiro e o segundo ponto da linha.

A partir do ponto 1 posteriormente vai se somando o valor da divisão ao resultado já existente e assim consecutivamente, ate chegar ao décimo primeiro ponto. (Exemplo: (1 ao ponto 2 =15) , ( ponto 1 ao ponto 3 =15 + 15= 30), (ponto 1 ao ponto 4 =30 + 15 = 45 , (ponto 1 ao ponto 5 = 45 + 15 = 60)

Essa soma pode ser facilitada ao ser feita na calculadora é só somar os dois primeiros números e depois ir apertando o botão de igual que a calculadora fará a soma, isso se chama (K de igualdade).




Fontes:
http://www.portalcedac.com.br/

Autor: Desconhecido. (Se você é o autor, por favor entre em contato para que possamos acrescentar seu nome aos créditos).




Cald'nazza






Nenhum comentário :

Postar um comentário