Traçando as transições.



 Quando falamos em transição, estamos considerando que algo é um elo de ligação com outro; uma passagem intermediária. Em caldeiraria encontramos muitos desses elos intermediários. Estes serão objetos de estudo neste módulo.


Transições:

 Estudamos a pouco sobre como traçar peças cilíndricas. A tubulação tem um papel fundamental na indústria. Podendo ser usada para transporte de grãos, óleo, gases, água e uma infinidades de aplicações.
 Naturalmente quando pensamos em tubo muitas vezes vem em nossa mente um cilindro, o que não reflete de todo uma verdade. Muitas tubulações são construídas em formas quadradas ou retangulares. Em algum momento estas peças cilíndricas e quadradas irão se encontrar, e é aí que entra as chamadas transições.
 Se você trabalha no ramo de caldeiraria, já ouviu falar em quadrado para redondo, retângulo para redondo inclinado ou retângulo para redondo excêntrico. Pois bem, todas estas peças servem de passagem ou transição de uma tubulação  quadrada para outra  redonda.


Transição quadrado para redondo. 




 Sendo assim vamos ao que no momento realmente interessa, aprender a traçar a transição. Em primeiro lugar, use a a fórmula que você encontrará na figura abaixo, para calcular as linhas de verdadeira grandeza de  A1 - A4 e também a linha B4.



Para maiores informações de como baixar clique aqui.




Para maiores informações assista a este vídeo.







Agora calcule a corda:  (r x 2PI) dividido por 12.

Esta medida será usada em conjunto com as linhas de verdadeira grandeza A1, A2, A3 e A4. Exemplo: quando tiver determinado o ponto 1, ao traçar reta A2 e a corda com o compasso, achará assim o ponto 2 




Agora  usaremos 12 passos para completar o traçado, siga-os de perto e sucesso.



 
1° Trace uma reta, com medida igual a um dos lado do quadrado. Marque como A-A



2° Pegue o compasso aberto na medida A1, e com a ponta seca em A trace 2 semi arcos e numere este ponto como 1, como na figura acima.


3° Ligue os pontos.



4° Novamente abra o compasso, agora em A2 e com ponta seca em A e trace um semi círculo. Centre a ponta seca em 1 e com medida da corda, cruze os semi círculos. Defina-o como ponto 2.



5° Ligue os pontos novamente.


6° Faça o mesmo para achar os ponto3, ou seja centre o compasso em A trace um semi círculo. Centre a ponta seca em 2 e com medida da corda, cruze os semi círculos. encontre o ponto 3.



7° Ligue os pontos A e 3, novamente usando uma reta




8° Repita, agora centrado em A e trace os semi círculos com A4 e ache assim o ponto 4.




9° Ligue os pontos.






10° Com o compasso centrado em A jogue a medida de AB, que é a metade de um dos lados do quadrado e trace outro semi círculo. Depois abra o compasso com a medida de B4, centre no ponto 4. Trace outro semi círculo e assim defina o ponto B. 




11° Ligue os pontos.





12° Repita o processo 10 e 11 do outo lado.

 Parabéns, está traçada a transição quadrado para redondo.



Cald'nazza













14 comentários :

  1. boa noite meu amigo . nessa formula do quadrado para rendondo tem com por mais divisoes e se tiver tem como me enviar um email. deus deja um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sim Venício. A formula mencionada acima e que está em PDF, cita a divisão em doze partes mas nada impede de você dividir em mais partes, em vinte e quatro por exemplo. Neste caso então terá de mudar sempre de 15 em 15, e não de 30 em 30 como em doze divisões. Ou seja 00, 15, 30, 45...

      Excluir
  2. ola meu nome e Rodrigo muito obrigado aprendi muito com vc..
    eu gostaria de saber se vc poderia mandar um link para mim de uma perna de moca nao se vc tem mo site
    rodrigosouzasilva@ymail.com

    ResponderExcluir
  3. Olá como faço para adquirir sua apostila completa? consegui somente uma fração dela... e no índice tem muito conteúdo... se for vendido mande um boleto para davidmdias@yahoo.com.br valeu!

    ResponderExcluir
  4. Oi, não consigo chegar no valor de 73,6 . Onde será que estou errando ?? Será que é unidade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carlos. Pode ser o modo em que a sua calculadora esteja configurada. Este cálculo pode ser um pouco diferente em algumas calculadoras, na Casio fx 82MS funciona com perfeição. Configure para normal e modo angular Graus. Veja mais em: http://www.caldnazza.com/2012/11/casio-fx-82ms-suas-funcoes-e-caldeiraria.html#.UkNW54akrIu

      Excluir
  5. Ola nazareno . Me diz so uma coisa na chapa na hora de dobrar ela a tendência e diminuir ou aumentar a peça .n sei se na hora de traça eu diminu ou aumento . ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rodrigo. de modo geral, e estamos falando de uma transição, na parte redonda você deve descontar uma espessura e na quadrada duas. Esta diferença se dá porquê no lado quadrado ou retangular, ao dobrar a peça cresce de um lado e do outro duas espessuras.

      Em resumo:
      Dutos cilíndricos, se a medida é externa desconta 1 espessura, e interna aumenta 1 espessura.
      Dutos quadrados e retangulares, se medida externa desconta 2 espessura, mas se interna não acrescenta nada.

      Excluir
    2. Boa tarde amigão queria saber, para calcular o angulo das dobras do quadrado é só dividir 360º pelos numeros de dobras?

      Excluir
  6. uma coisa que nao acha em canto algum e a rosca conica poderia me ajudar amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me envie um email para naza.fraga@hotmail.com. Um abraço.

      Excluir